Fotografia de vida selvagem (wildlife photographer)

Posts com tag “Flora

Estação Ecológica do Taim, RS.

Estação Ecológica do Taim, RS.

A Estação Ecológica do Taim (ESEC Taim) é uma das mais principais estações ecológicas do Rio Grande do Sul e um dos principais ecossistemas do Brasil. Está localizada no sul do estado gaúcho, compreendendo parte dos municípios de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar, entre a Lagoa Mirim e o Oceano Atlântico, próximo do Arroio Chuí, na fronteira do Uruguai.

Um dos principais motivos que levaram à criação da Estação Ecológica do Taim em 1986, foi o fato de esta área ser um dos locais por onde passam várias espécies de animais migratórios vindos da Patagônia.

A simples utilização da estação como área de descanso, de crescimento ou nidificação torna-a ainda mais importante pois para as espécies migratórias a destruição de uma área na rota de migração pode colocá-las em risco de extinção.
A imagem pode conter: atividades ao ar livre e água

 

Anúncios

Pantanal 2018

Muita gente me pergunta porque sempre vou ao pantanal e a minha resposta é sempre a mesma: porque tenho certeza que renderá boas fotos.


Hoje, 12 de novembro, é o dia do Pantanal!

Localizado no coração da América do Sul, esse imenso reservatório de água doce, é fonte de vida para diversas espécies animais e vegetais, atuando como um gigantesco berçário para todas elas.

Minha pequena contribuição a esse bioma tão castigado pela ação humana.

 


Galeria

É Primavera, a estação das flores!


Galeria

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro, véspera da Primavera e tem como objetivo principal a promover a importância da preservação das árvores e das florestas, incentivando a proteção do meio ambiente e estimular a reflexão sobre as consequências do desmatamento e da poluição.


11 de setembro é o dia nacional do Cerrado.

Localizado no coração do Brasil, ligando três países da América do Sul, são encontrados no Cerrado mais de cinco mil espécies brasileiras, como o Lobo-Guará, o Tamanduá-Bandeira e a Onça-Pintada. Chamado de “o berço das águas”, por abrigar as nascentes de importantes bacias hidrográficas da América do Sul: Platina, Amazônica e São Francisco e por isso, funcionando como um elo entre quatro dos cinco biomas brasileiros.

Em homenagem a esse bioma brasileiro, que é um dos mais devastados do país, metade do Cerrado já foi destruído, algumas fotos que fiz nas várias vezes que por estive por lá.

 


Dois anos morando em Teresópolis e ainda não tinha feito uma foto do principal ponto turístico da cidade: o Dedo de Deus.

Dedo de Deus - Teresópolis, RJ

Dedo de Deus – Teresópolis, RJ


Cogumelos

Fungo com cabeça em forma de chapéu sustentada por um pé, que cresce em lugares úmidos e pode ser comestível, venenoso ou alucinógeno e que, acabam sempre rendendo boas fotos.


Jardim Botânico, RJ.


Solstício

O cãozinho da foto é o Solstício. Seu nome vem de Solstício de Verão, que é um fenômeno da astronomia que marca o início do Verão. É o instante em que determinado hemisfério da Terra (hoje, o hemisfério sul), está inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol, fazendo com que esse hemisfério receba mais raios solares. No solstício de Verão ocorre o dia mais longo do ano e, consequentemente, a noite mais curta, em termos de iluminação por parte dos raios Sol.

O Solstício, foi um amiguinho que fiz quando estive a primeira vez na Lapinha da Serra. Ele me acompanhou em praticamente todos os lugares que fotografei. Em homenagem aos Solstícios – o cãozinho e o de Verão, algumas fotos que fiz na Lapinha da Serra, que está localizada na região da Serra do Cipó e que faz parte da área de proteção do Parque Nacional da Serra do Cipó.