Fotografia de vida selvagem (wildlife photographer)

Últimas

Rio Vermelho – Corumbá, MS

Rio Vermelho - Corumbá, MS

Rio Vermelho – Corumbá, MS

Solstício

O cãozinho da foto é o Solstício. Seu nome vem de Solstício de Verão, que é um fenômeno da astronomia que marca o início do Verão. É o instante em que determinado hemisfério da Terra (hoje, o hemisfério sul), está inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol, fazendo com que esse hemisfério receba mais raios solares. No solstício de Verão ocorre o dia mais longo do ano e, consequentemente, a noite mais curta, em termos de iluminação por parte dos raios Sol.

O Solstício foi um amiguinho que fiz quando estive a primeira vez na Lapinha da Serra. Ele me acompanhou em praticamente em todos os lugares que fotografei. A Lapinha da Serra, que está localizada na região da Serra do Cipó e que faz parte da área de proteção do Parque Nacional da Serra do Cipó.

Solstício, o cãozinho que conheci na Lapinha da Serra - Santana do Riacho, MG.

Solstício, o cãozinho que conheci na Lapinha da Serra – Santana do Riacho, MG.

Dia Nacional do Pampa

Ontem, dia 17 de dezembro, foi o Dia Nacional do Pampa, um dos seis biomas brasileiros e que está localizado no extremo sul do Rio Grande do Sul. Esse bioma é constituído basicamente por vegetações rasteiras ou herbáceas, com capins de vários tipos.

Já tive a oportunidade de fotografar em duas unidades de conservação desse bioma: no Parque Nacional da Lagoa do Peixe (primeira foto) e na Estação Ecológica do Taim. As duas unidades funcionam com área de descanso, de crescimento ou nidificação para diversas espécies migratórias que procuram esse bioma.

Arara-Vermelha (Ara chloropterus) – Red-and-green Macaw

Buraco das Araras - MS

Arara-Vermelha (Ara chloropterus) – Red-and-green Macaw

Mãe-da-lua ou Urutau (Nyctibius griseus). Common Potoo

O nome urutau é tupi e significa “ave fantasma”. O nome se refere a capacidade do Urutau de se camuflar entre as árvores e também ao seu canto melancólico. Outra característica dessa ave é o seu “olho mágico”. O formato da pálpebra permite à ave enxergar mesmo com os olhos fechados

Há uma crendice na Amazônia de que as penas da cauda do Urutau protegeriam a castidade. Por isso, a mãe varre debaixo das redes das meninas com uma vassoura confeccionada com estas penas.

Fiz essa foto na Transpantaneira, na região de Poconé, MT.

 

Mãe-da-lua ou Urutau (Nyctibius griseus). Common Potoo

Mãe-da-lua ou Urutau (Nyctibius griseus). Common Potoo

Hucilluc

Aqui e Ali Liga-nos ao que nos rodeia

Marcos Paiva

Fotografia de vida selvagem (wildlife photographer)

PELOS CAMINHOS DA LUZ - (The Paths of Light)

As vezes, encontrar a luz, significa passar por uma grande escuridão.

Prof. Ronald Soares

Uma vida dedicada ao estudo de idiomas.

Endless Frame Photography

Photography by Frank Cademartori

draw and shoot

Shooting photographs, drawing lines...

Emily Carter Mitchell ~ Nature as Art

Nature & Wildlife Photography

The In-Between

scotland, tea and happiness x

Steve McCurry Curated

Steve's body of work spans conflicts, vanishing cultures, ancient traditions and contemporary culture alike - yet always retains the human element.

adam mcateer photo blog

an insight into mcateer life..

Pursuing Wabi

Wabi - a simple way of life free of ornateness

Mabry Campbell Photo Blog

My Photography Study Images and Portfolio Images

Arthouse Photography

A curiously refreshing WordPress.com site

Diptychs

Photography by Camille Pasquin (on the left) & Natalia Shaidenko (on the right)

Without an H

Photography from south-east Asia by Jon Sanwell